Home

Dica específica para usuários do Sistema de Informações Ambulatorias (SIA) desenvolvido pelo Datasus!

Você digita toda a produção do seu serviço terceirizado no BPA-MAG e quando importa no SIA, aparecem o erro CBO não cadastrado! O que pode ser?

A primeira tarefa é verificar se o cadastro do seu prestador está ativo no site do SCNES. Caso esteja, realize o recebimento dos arquivos CNES válidos e expirados e TerceirosBrasil.zip. Refaça o De-Para e rode a consistência do SIA.

O erro sumiu? Ótimo! Não sumiu? Verifique quais códigos CBO estão cadastrados em seu prestador! É possível realizar essa pesquisa através do site ou verificando diretamente o arquivo TerceirosBrasil. Para isso basta descompactar o arquivo TerceirosBrasil.zip e em seguida abra o arquivo Profcoop.txt no Bloco de Notas.

O arquivo Profcoop.txt possui dentre outras informações o código CNES, CBO e nome do profissional. Pressione as teclas Ctrl + F para abrir a janela de busca e digite o código CNES do seu prestador de serviço. Após localizar, verifique que os seis dígitos posteriores correspondem ao código da ocupação seguidos pelo nome do profissional.

Verifique se o código existente no arquivo é o mesmo do que digitou no BPA-MAG, caso não for basta substituí-lo no BPA-MAG e realizar a exportação para o SIA novamente. Mas, cuidado! Sempre verifique com seu prestador os motivos de mudança, afinal podem ter ocorrido algum erro no cadastro do profissional!

Essa dica está relacionada aos prestadores de serviço de análise laboratoriais, pois os procedimentos podem ser realizados tanto por biólogos, biomédicos, médicos patologistas clínico e farmacêuticos bioquímicos. Às vezes, o prestador troca seus profissionais e não orientam os digitadores da produção que devem alterar o código CBO.

3 pensamentos em “SIASUS: Produção de serviço terceirizada acusando CBO não cadastrado!

  1. Boa noite,Para gerar essa relação é preciso conferir seu SCNES, pois muitos erros decorrem de erros nos cadastros dos profissionais (ausência ou erro no CBO) e/ou ausência de serviços e habilitações necessárias para validar certos procedimentos. É preciso ficar atento também se os procedimentos a serem lançados constam na FPO. Ficando atento a esses detalhes a digitação do BPA se torna tranquila. Sempre utilize as últimas versões do executável, bem como do BDSIA. Boa sorte!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s